TrocaLetras

06/09/2010

Sobreviventes do Holandês Voador – Brian Jacques

Filed under: Drama,Infanto-juvenil — Pandora @ 02:23

Pra situar os leitores: o navio Holandês Voador é uma lenda; conta que o navio é amaldiçoado, forçado a singrar os mares por toda a eternidade com uma tripulação de mortos e vivos amaldiçoados. É o navio do Davey Jones, no filme Os piratas do caribe.

Esse livro é uma releitura dessa lenda, dividido em três partes:

Na primeira parte, conhecemos o garoto mudo apelidado de Nabucodonosor, ou Nab, simplesmente.

Nab embarca acidentalmente no navio Holandês Voador, que conta com uma terrível tripulação e um capitão cruel. Em um porto, conhece o negro labrador, o qual chama de Dinamarca, ou simplesmente Din.

Então são relatadas todas as amarguras do garoto nesse navio: as ameaças, agressões, os motins, até a fatídica noite em que o capitão é tomado pela loucura e o navio sucumbe no cabo Horn, na Terra do Fogo.

Nab e Din são atirados ao mar e sobrevivem graças à benção de um anjo, dando origem à segunda parte do livro. Foram agraciados com a juventude eterna, mas também possuem novas responsabilidades.

Agora, Nab e Din, unidos pela grande amizade e em débito com o anjo salvador, caminham pelo mundo ajudando pessoas que estão precisando, assim como Nab e Din precisaram antes.

Somos então conduzidos ao longo dos séculos e para vários cenários, tendo início em uma cabana esquecida em um penhasco no cabo Horn e o pastor que lá vive.

A terceira parte se passa séculos depois, em uma cidadezinha pacata no interior da Inglaterra, chamada Chapelvale, cujos pacatos habitantes precisam desesperadamente de ajuda. O garoto e seu cão fazem novos amigos e iniciam uma verdadeira caça ao tesouro.

Ao longo do livro, Nab amadurece, passa a ser um garoto mais confiante, bem diferente da sua fragilidade no início do livro. Din é um cachorro excepcional, irônico, bem humorado.

Surpreendi-me positivamente com esse livro, não é o que eu esperava da história (achei que se passaria toda no mar), mas achei muito interessante o desenrolar e a idéia do autor.

Brian Jacques consegue dosar drama e humor no livro, deixando a leitura fluir fácil, e conseguindo prender o leitor em uma série de emoções. Em nenhum momento o leitor fica entediado. É lindo e tocante e o final vale o livro todo.

Ao que me consta, é uma trilogia e os outros volumes chamam-se “A viagem sem fim” e “Vida de escravo”. Não achei lançado aqui no Brasil ainda, mas deve ter e-book.

Recomendo MUITO! Um dos melhores livros que li🙂

Pandora

2 Comentários »

  1. Adorei essa colecção. Hoje fui pesquisar para ver se encontrava a continuação e descobri que o autor morreu…😦

    Comentário por Dany — 21/03/2011 @ 18:15 | Responder

    • Sério Dany? Eu não sabia…é uma pena =/ O primeiro livro realmente é muito bom!

      Comentário por Pandora — 26/03/2011 @ 13:42 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: