TrocaLetras

27/10/2009

Os Senhores do Norte – Bernard Cornwell

Filed under: Adulto,Fantasia — Pedro Mendes @ 12:36

Tomei uma overdose de Bernard Cornwell esse mês, o cavaleiro da morte foi tão bom que emendei Os Senhores do Norte logo em seguida. Até então, posso falar com toda certeza que esse é a melhor coisa que Cornwell já escreveu e eu lí (ainda me falta a canção da espada). Nesse volume, nosso anti-herói, Uhtred Ragnarsson come o pão que o diabo amassou. Até o mais bruto dos bárbaros derrama uma lágrima com pena das lástimas que se seguem na vida de Uhtred. Até que sou uma pessoa difícil de chorar (chorei assistindo dois filhos de francisco) derramei alguma lágrimas de puro ódio e rancor.

Alfredo pouco aparece nessa fase, os companheiros que o acompanham são Ragnar, o Jovem, o padre caolho e manco Beoca e Steapa, que se apresenta como uma peça chave e grande aliado de Uhtred.

Não vou contar detalhe nenhum porque a meu ver perde a graça de quem vai ler. Esse volume das Crônicas Saxônicas é cheio de reviravoltas e coisas inusitadas, as vezes parece até novela mexicana a lá Maria la del Bairro recheada de machados de guerra e cabeças rolando. 

3 Comentários »

  1. Fico feliz que uma de minhas sagas preferidas esteja de volta ao blog.
    Esse segundo volume de Crônicas Saxônicas é fantástico. Na verdade, não só esse volume, mas todos são cheios de reviravoltas no destino de Uthred.

    Tenho muitas personagens femininas dividindo minhas favoritas (Cenwin de Crônicas de Artur, Amata de Conspirações Franciscanas, Susana de A Torre Negra, etc.), mas é difícil retirar Uthred do topo dos meus personagens masculinos preferidos. Um brucutu apaixonante.

    Aproveito para indicar novamente aos amantes dos romances históricos os escritores Conn Iggulden e Valerio Maximo Manfredi. Imperdíveis em O “Lobo das Planícies” (e suas seqüências) e “O Escudo de Talos”, respectivamente.
    Devorem sem moderação.

    Comentário por Max Wolf — 27/10/2009 @ 15:13 | Responder

    • Tenho muita vontade de ler O “Lobo das Planícies”, pena que ele ainda não entruo em nenhuma promoção, quanto a Uhtred, quando termino de ler um livro da saga fico sem graça pra ler outros livros pq nenhum vai ser bruto como ele, tem que esperar um pouco pra diminuir a empolgação que ele dá.

      Comentário por Pedro Mendes — 27/10/2009 @ 15:22 | Responder

  2. Posso te adiantar que o Gêngis Khan do Iggunden é bruto feito canto de cerca também…rs

    A Saga começa em sua infância (não me redordo bem a idade) e se desenrola tragicamente até o final do primeiro volume.

    É uma lição de superação e de força. De honra, de justiça (ou vingança?), enfim.

    É uma história que precisa ser contada e recontada.

    Comentário por Max Wolf — 27/10/2009 @ 15:26 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: