TrocaLetras

23/09/2008

Fantasmas do século XX – Joe Hill

Filed under: Suspense — Pandora @ 00:01

Terminei de ler hoje esse livro e o  autor é muito foda!
Pra quem ainda não conhece o Joe lá vai: ele é filho do Stephen King (precisa de mais alguma informação?) e esse é o segundo livro dele, o de estréia chama-se A Estrada da Noite e é muito bom também! Falarei dele em outra oportunidade.
Vamos ao livro!
É uma coletânea de 15 contos, que passeiam pelo horror clássico, suspense, terror psicológico, com pitadas de sarcasmo e humor. Também explora sentimentos humanos com sutileza e intimidade.

Vou falar um pouquinho dos meus preferidos:

O Melhor do Novo Horror: Joe abre o livro com um conto absolutamente perturbador! É a história de um editor que se vê dentro de um conto de terror. Fantástico!
Pop Art: um conto bastante estranho sobre um menino inflável. Bastante íntimo e delicado.
O telefone preto: conto de terror clássico, onde um garoto sequestrado recebe ligações de um menino morto. Bem legal!
A Capa: Nada é o que parece nesse conto, Joe foge do convencional. Bem chocante. Fiquei bastante surpresa e acabei caindo na risada. Não que ele seja engraçado…bom, ele é engraçado desde que você tenha um certo senso de humor deturpado😀
Bobby Conroy volta dos mortos: bastante íntimo também…faz pensar sobre algumas coisas acerca de nós mesmos.
A máscara do meu pai: terror psicológico fantástico!
Internação voluntária: esse incomoda. Quem sofre de claustrofobia como eu vai se sentir mal lendo esse conto rsrsrs

Livro recomendadíssimo! O Joe Hill é bastante promissor e aguardo ansiosa pelos próximos lançamentos!

4 Comentários »

  1. olha, comprei o livro Fantasmas do séc XX e, sinceramente, devo ser a pessoa mais insensível do mundo, pois achei o “novo terror” enfadonho. Os contos estão mais para policial, drama e.. deveria ter a categoria “entediante”. Vou comprar o outro livro citado por você p/ ver se mudo de opinião sobre o autor, uma vez que até então fico pensando que ele deveria apenas viver de herança e nunca mais escrever nada.

    Comentário por simone — 28/05/2009 @ 02:30 | Responder

  2. Olá Simone! Obrigada por comentar!

    Sério mesmo que você não gostou do livro? Eu achei o Joe Hill o máximo! Gostei muito do estilo e, quanto aos contos, acho que ele tem a vantagem de não “viajar” tanto quanto o pai.

    Exponha seu ponto de vista mais vezes, adoramos analisar a obra por vários ângulos!

    Te espero novamente no blog.

    Pandora

    Comentário por Pandora — 28/05/2009 @ 16:35 | Responder

  3. Eu gostei do livro mt msm mas sinceramente naum entendi o conto “A máscara do meu pai”…. Me esplica!!!!!*_*

    Comentário por Flávio — 07/01/2010 @ 16:24 | Responder

  4. Flávio, eu acho que “A máscara do meu pai” não é feito muito bem para ser entendido, é um conto meio lisérgico, como Alice no país das maravilhas(na minha opnião), isso que faz o “terror psicológico” dele -q

    É um livro ótimo *-*, A márcara do meu pai, Pop Art, O ultimo suspiro e Internação voluntária são incriveis.
    tive vontade de ler esse livro logo depois que terminei de ler “A estrada da noite”, outro livro otimo *-*
    já sou fã do Joe Hill o/

    Comentário por tiisa — 06/02/2010 @ 14:36 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: