TrocaLetras

19/09/2008

O Anticristo – Nietzsche

Filed under: Filosofia — Steinherz @ 13:02

“Há homens que nascem póstumos.”

– Friedrich Wilhelm Nietzsche

 

Acho que o melhor livro que já li sobre religião. Nietzsche não quer que nos tornemos ateus, só vem através desse livro mostrar a sujeira e corrupção por trás da maior religião ocidental. Ele não critica a Igreja católica nem mesmo o próprio Cristo com seu cristianismo primitivo, mas sim a ideologia do cristianismo moderno e principalmente seu criador, Saulo (que após se tornar cristão fora chamado de Paulo). O livro mostra aspectos da religião cristã e do budismo e compara-as entre si, revelando seus lados positivos e negativos.

Apesar das obras de Nietzsche não ser algo tão fácil assim de ler, O Anticristo é diferente. Não é uma leitura difícil e seus pensamentos não pertencem nem a esta era ainda. É um livro para aqueles que póstumos nasceram e póstumos renascerão infinitamente.

 

nietzsche_-_o_anticristo

2 Comentários »

  1. Realmente, o Anticristo foi um dos melhores livros que li e, por ser Nietzche, de fácil leitura. Recomendado!

    Comentário por Thaís — 22/09/2008 @ 16:56 | Responder

  2. Não acho que o anti-cristo exerce em nada pra analisar o que seria ser cristão. Não sou cristão mas também não engulo a critica reducionista de Nietzche para o cristianismo.É importante também avaliar o verdadeiro significado do cristianismo para aqueles que querem ser cristão. Não nasceu daí ou por qualquer motivos a crença ou ideologias como cristianismo, para encantar tamanha quantidade de gente que diferentes modos trazem ao sagrado oportunidade de revelar na alma humana a necessidade de ser religioso.
    Entendam: religar com o sagrado ou mesmo com algo não tirará da alma humana esta necessidade de comunicar com Nõus
    Fazer que é critico não é por criticas tão absurdas como a de Nietzsche no anti-cristo e geneologia da moral e outras obras que foi de cunho critico ao cristianismo. Produzir um ateísmo fraco e absurdo também foi obra dele. E com todo respeito ele tinha medo de ser taxado como profeta ou santo…daí mas um motivo pra analisar corretamente sua obra.

    Comentário por andré — 15/04/2009 @ 09:48 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: