TrocaLetras

13/06/2009

The Secret Garden – Frances Burnett

Filed under: Clássicos — barbieauglend @ 21:11

Começo com um breve resumo: No início do século XX, Mary Lennox vivia na Índia com seus pais, que não lhe davam muita atenção, deixando-a com uma  aia. Uma praga mata seus pais e quase todos os empregados e, alguns meses depois, Mary desembarca em Liverpool, na Inglaterra, para viver com Lord Archibald Craven, um tio que ela não conhecia, na mansão Misselthwaite, uma construção feita de pedra, madeira e metal, com mais de cem quartos, como se fosse um castelo. Mary se sente deslocada e assustada, mas é uma criança forte. O tio era um homem fechado, muito amargo, e tinha um filho, que sofria de uma doença que o impedia de andar. Craven era muito presente embora quase sempre ausente na mansão, falavam dele com medo. A casa era governada por uma mulher muito estranha, Sra. Medlock, autoritária e cheia de veneno. Sua palavra-chave era o NÃO. Nada pode, tudo é proibido, é perigoso… Os empregados e as crianças tinham que viver sob sua tirania e a vida corria lenta, limitadamente. Ela se privava de viver bem e tentava impingir o mesmo às pessoas a sua volta.

A chegada da menina órfã (Mary) muda o clima da casa, dando leveza e alegria. Mary não acreditava nas proibições da governanta. Não a obedecia. Aos poucos, o castelo, de imensas portas fechadas, começou a se abrir para ser explorado por Mary. Cada dia ela fazia uma incursão por alguma parte da imensa propriedade. Foi assim que, um dia, ela e um amigo, irmão de uma serviçal da casa, encontraram o jardim secreto.

Descoberto o Jardim, a menina começou a cultivá-lo, com a ajuda do amigo e um velho jardineiro da casa. Esperta, ela começou a inculcar em seu primo (a criança doente) que ele era capaz de andar e ambos começaram a mudar as rotinas da casa…

Esse livro é muito tocante… Nao sei se é o momento, e por ser o único livro em inglês que tenho aqui para ler, mas faz você pensar nos valores, na moral, na família… Sempre penso que todos nós temos um Jardim Secreto que deixamos trancado por medo do que pode acontecer se abrirmos a porta novamente! Vale muito a pena conferir!

About these ads

3 Comentários »

  1. Eu amo ..particularmente é uma das minhas preferidas…tocante….chorei muito com o livro e com o filme…

    que bom saber que vc tambem gostou…

    Comentário por isabel — 21/06/2009 @ 14:27 | Resposta

  2. eu ja vi tanto o filme qnto o desenho animado, n sabia da existencia do livro. uma boa dica d leitura.

    Comentário por Carol — 12/09/2009 @ 00:50 | Resposta

  3. n sei voces mas achei o filme bem fraco,mal feito, monotono,chato, tem uma história sem nexo, não me cativou nem um pouco, muito pelo contrario, me deu vontade de morrer enquanto assistia

    Comentário por Sir RIck — 21/10/2012 @ 13:42 | Resposta


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: